Home Brasil Rio+Saneamento Atinge a Marca de 68 mil Serviços Prestados à População em...

Rio+Saneamento Atinge a Marca de 68 mil Serviços Prestados à População em Apenas Seis meses de Operação

Rio+Saneamento-Divulgação

A Rio+Saneamento completa, neste mês, seis meses à frente da operação plena do abastecimento de água em 18 municípios do Rio, incluindo 24 bairros da capital. Durante o período, a concessionária alcançou a marca de 68 mil serviços comerciais e operacionais prestados à população. O número inclui manutenções preventivas e emergenciais, reparos de vazamentos, instalação de hidrômetros, entre outras ações.

Mais de R$ 50 milhões em obras e intervenções já foram investidos para garantir a qualidade dos serviços nas localidades do chamado Bloco 3. A previsão é que os investimentos cheguem a R$ 100 milhões em todos os municípios sob concessão da Rio+Saneamento até o fim do primeiro ano de operação.

Cerca de 350 mil atendimentos aos clientes foram realizados por meio dos canais de relacionamento da empresa, tanto em lojas como telefone, canais digitais, site, Whatsapp e aplicativo Cliente Rio+.

Nestes seis meses, mais de 580 mil análises laboratoriais foram realizadas para garantir o monitoramento e o controle da qualidade da água distribuída e do esgoto tratado pela concessionária.

Até o momento, foram incorporados mais de 78 mil novos clientes à empresa.

Foram gerados mais de 1 mil empregos diretos nas 18 cidades sob concessão. A expectativa é gerar 5 mil empregos diretos e indiretos ao longo dos 35 anos de contrato.

“Completamos seis meses de operação orgulhosos de cada serviço realizado até aqui. Sabemos que é o início de uma trajetória que durará mais de três décadas, mas a cada dia renovamos o nosso compromisso com a qualidade de vida de nossos clientes através do saneamento, além do desenvolvimento social e econômico das regiões por nós atendidas”, afirma o presidente da Rio+Saneamento, Leonardo Righetto.

Atuação na Regional Serra Lagos

Rio+Saneamento-Divulgação

Nestes seis meses de operação, os municípios de Rio das Ostras, Bom Jardim, Trajano de Moraes, Carmo, Macuco e Sumidouro, que fazem parte da Regional Serra Lagos, também receberam investimentos que vêm proporcionando melhorias no sistema de abastecimento de água.

Em Rio das Ostras, foram iniciadas, no mês de janeiro, as obras da nova adutora do Contorno, uma iniciativa da Rio+Saneamento para reforço do sistema de abastecimento de água do município. Ao todo, serão 12 km de extensão que permitirão a operação da adutora em um prazo máximo de um ano. Em pouco mais de 30 dias, o trabalho já superou as expectativas, com mais de 50% de tubulação implantados. A concessionária está investindo mais de R$ 60 milhões no projeto de ampliação da capacidade do sistema de abastecimento.

Na cidade, foram instalados três geradores na Captação de Água de Ponte do Baião e mais dois na Estação de Tratamento de Água (ETA Rio Dourado) para garantir a continuidade do abastecimento de água, mesmo com as frequentes interrupções no fornecimento de energia.

Outras ações realizadas no município incluem a dragagem da areia acumulada na Captação para facilitar a entrada de água no sistema; instalação de bombas auxiliares para suprir o sistema de captação no período de estiagem, e a substituição, reforma e aquisição de equipamentos de reserva, como bombas e motores, para dar mais segurança operacional aos serviços.

Para aumentar as vazões e pressões em todo o município, ainda este ano serão ampliadas a Captação e a Estação de Tratamento de Água e construídos novos reservatórios e estações de bombeamento.

Nas demais cidades da Regional Serra Lagos, A Rio+ também realizou várias ações nestes seis meses e tem projetos a realizar. Em Bom Jardim, a concessionária fez manutenções em Estações de Tratamento de Água e melhorias na Captação Santa Tereza. Nas elevatórias da cidade, houve adequação elétrica e instalação de novos conjuntos moto-bomba. Este ano, será ativado o sistema de distribuição de água no distrito de Barra Alegre.

Já no município de Trajano de Moraes foi feita a extensão de rede do bairro Represa e a organização de painéis elétricos em boosters e elevatórias.

Na cidade de Carmo foi adquirido conjunto moto-bomba e realizada a revisão de todos os equipamentos da Captação, com manutenção de bombas e motores para conferir maior segurança operacional. Outras adequações foram feitas no reservatório de distribuição, para reduzir as perdas na produção.

Em Sumidouro e Macuco, além de melhorias nas ETAs, foram realizadas a padronização do sistema de novas ligações de água e a instalação de pontos de telemetria. E para Macuco, o projeto de 2023 é a reforma de toda a fundação da Barragem na cidade.

 

 

Jornalista Responsável
Edigarde Rodrigues
Registro Profissional-40847/RJ 

Fonte:Verônica Côrtes-Jornalista

www.danthi.com.br

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here